Nasceu no município de Ilhéus, em 23 de fevereiro de 1897, filho do coronel Ramiro Ildefonso de Araújo Castro e de Libuça Berbert de Castro. Foi casado com Carmosina Chaves de Souza Pinto. Diplomado pela Faculdade de Direito da Bahia em 8 de dezembro de 1916. Foi juiz substituto da comarca de Ilhéus em 1919 e 1925, deputado estadual em três legislaturas, de 1925 a 1930, tendo exercido a função de líder do governo. Inspetor Federal junto ao Ginásio da Bahia de novembro de 1926 a janeiro de 1927 e junto a Faculdade de Direito de 1927 a 1930). Professor contratado do Ginásio da Bahia de 1931 a 1938. Secretário de Governo de 1947 a 1949, no governo de Otávio Mangabeira. Ocupou o cargo de Procurador-Geral de Justiça no período de 1939 a 1944. Exerceu o cargo de Secretário da Fazenda na Interventoria de Guilherme Marback de 28 de fevereiro a 29 de julho de 1946. Foi membro da Academia de Letras da Bahia. Ocupou o cargo de Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de 1949 a 1956. Faleceu no dia 24 de outubro de 1966.